Blog ImpulseUP
Desenvolvimento de pessoas

Os Benefícios do Desenvolvimento de Pessoas Para a Empresa

Em muitas empresas, o processo é sempre muito previsível: o colaborador vai ao escritório ou liga seu computador em casa, realiza as mesmas tarefas e depois encerra o expediente. Nada de novo ou desafiador. Em lugares assim, fica claro que os gestores não conhecem os benefícios do desenvolvimento de pessoas para a empresa.

E é óbvio que o próprio desenrolar das tarefas pode proporcionar conhecimento e desenvolvimento aos colaboradores. 

No entanto, promover esse desenvolvimento de forma proativa, por meio de treinamentos e outros planos de ação, já se mostrou ser muito mais vantajoso para o time e a própria empresa.

Veja quais são os benefícios para a empresa ao desenvolver pessoas! 

Benefícios do Desenvolvimento de Pessoas Para a Empresa

O desenvolvimento de talentos é fundamental para o crescimento e sucesso sustentável dos negócios.

No entanto, muitas organizações passam por longos processos seletivos para recrutar e integrar funcionários qualificados e adequados, mas declaram a missão encerrada nesse momento. E a falta de nutrição ao potencial dos colaboradores acaba se tornando um problema. 

Não restam dúvidas quanto aos benefícios para o colaborador quando há um investimento em seu crescimento. 

O profissional se sente valorizado, prestigiado e, até mesmo, mais respeitado. Sua motivação, autoestima e autoconfiança tendem a crescer, aumentando também o prazer e o bem-estar em relação ao trabalho e à vida pessoal.

Abaixo, listamos quais são as vantagens para a organização:

Retenção de Talentos

A contratação e retenção de talentos pode ser um desafio contínuo para os empregadores e o RH. Porém, uma boa forma de reter sua equipe é oferecer oportunidades reais de desenvolvimento de carreira. 

E essas oportunidades, quando incluídas nos anúncios de emprego e contratos de trabalho, facilitam também a captação de novos profissionais. 

Oferecer a oportunidade de crescimento profissional, estabelece um senso de valor, promovendo, inclusive, a lealdade entre empresa e colaborador. É um movimento no qual todos ganham. 

Aliás, uma pesquisa conduzida pela GetSmarter em 2020 verificou que 51% dos profissionais entrevistados afirmam que podem mudar completamente as funções de trabalho ou áreas de negócios. Ou seja, é fundamental fornecer desenvolvimento para não perder esses talentos e controlar a taxa de turnover

Combate à Estagnação

As pessoas tendem a seguir hábitos e padrões que já conhecem, bons ou ruins. Ao promover treinamentos e incentivar novas habilidades, a empresa faz com que seus colaboradores considerem novas perspectivas, adquiram novos interesses. 

A tendência é aumentar o ânimo e a criatividade! Dessa forma, combatendo a estagnação do time, a empresa acaba combatendo a sua própria estagnação.

Para se tornar ou se manter competitiva no mercado, é muito importante que a empresa continue inovando, e uma equipe treinada é capaz de trazer novas ideias para a mesa! 

Além disso, com o treinamento adequado, os times se mantêm em sintonia com as tendências e mudanças no setor. Ou seja, é uma enorme vantagem estratégica.  

Aumento da Produtividade

Não é somente a estagnação que é evitada com o desenvolvimento do time. A improdutividade também é reduzida com o investimento nas pessoas e  oportunidades de aprendizado.

Se os funcionários se sentirem apoiados e inspirados, naturalmente se tornarão mais produtivos e satisfeitos com seu trabalho.

Assim, possibilitar que os funcionários desenvolvam suas habilidades e conhecimentos aumenta a autoconfiança, permitindo que concluam o trabalho com mais eficiência e eficácia. 

E vale ressaltar que não se trata apenas de trabalhar mais, mas sim de trabalhar melhor. 

Por isso, se você não está procurando ativamente apoiar sua equipe e melhorar a satisfação dos profissionais, considere fazer uma mudança a partir de hoje. Os colaboradores agradecem e a sua empresa também. 

Preparando futuros líderes

Entre os benefícios do desenvolvimento de pessoas para a empresa, está a possibilidade de encontrar e formar líderes que já estão no quadro de colaboradores. 

Existem, no geral, duas formas de aquisição de líderes: contratar um ou formar um. Sem dúvidas, a segunda opção, quando realizada da forma adequada, é a mais barata e com maiores chances de funcionar. 

Manter programas de desenvolvimento de liderança estabelecidos garante que a empresa esteja sempre considerando as metas organizacionais futuras e o planejamento de sucessão, preparando talentos aptos à promoção.

Assim, havendo a necessidade imediata de uma liderança, fica muito mais fácil tomar a melhor decisão. Afinal, o cargo pode aparecer ou vagar de um dia para o outro e é sempre bom estar preparado. 

Redução do absenteísmo

Quando os funcionários não estão satisfeitos e empolgados com seus empregos e funções, eles são mais propensos a dizer que estão doentes e faltar ao trabalho. Isso pode ter um impacto significativo nas operações, incluindo aumento de custos e redução de produtividade. 

O impacto também é humano, já que os demais colaboradores tendem a trabalhar mais para suprir as faltas dos colegas. Trata-se de um verdadeiro efeito dominó!

No entanto, quando os funcionários se sentem bem-treinados, valorizados e confiantes no que fazem, as taxas de absenteísmo caem drasticamente.

Avaliar as habilidades atuais dentro de uma equipe permitirá que os gestores e o RH planejem estrategicamente programas de desenvolvimento que considerem lacunas de habilidades.

Assim, planos de ação e iniciativas constantes de desenvolvimento podem ajudar a manter os colaboradores motivados. Inclusive, programas de treinamento frequentes também estabelecerão uma reavaliação regular de funcionários, habilidades e processos. 

Essa constância permite uma mudança de rota sempre que for necessário. 

Employer Branding

Um dos muitos benefícios do desenvolvimento de pessoas para a empresa é em relação a sua reputação como empregadora, que acaba melhorando.  

E, ao se tornar uma empresa com uma reputação boa em relação aos colaboradores, a tendência é a atração de novos profissionais. Afinal, a empresa passa a ser vista como um bom lugar para trabalhar. 

E essa boa reputação, que também é conhecida por employer branding, representa a proposta de valor para os funcionários. Assim, vale destacar que ela não se confunde com a imagem corporativa da empresa. 

Mas como desenvolver pessoas? 

Até agora, você viu como a empresa pode se beneficiar ao desenvolver os seus colaboradores. Mas você sabe como conduzir esse desenvolvimento?

O primeiro passo é realizar ciclos constantes de Avaliação de Desempenho. Por meio das avaliações, é possível verificar os pontos fortes de cada membro da equipe, além das lacunas.

A partir dos resultados, gestores, RH e os próprios colaboradores podem elaborar e conduzir planos de ação, como Planos de Desenvolvimento Individuais (PDIs), por exemplo. 

Aqui, na impulseup, nós utilizamos uma Biblioteca de PDI para agilizar algumas ações. Você pode aproveitar esse conteúdo na forma que está ou se inspirar para criar novos Planos de Desenvolvimento em sua empresa.

Os planos devem ser elaborados de acordo com as necessidades de cada profissional e devem estar alinhados à estratégia da empresa.

Quer saber como a empresa EQI Investimentos fortaleceu a sua cultura interna enquanto desenvolvia seus colaboradores? Veja aqui esse case de sucesso!

Deixe um comentário