Blog ImpulseUP
Aplicação prática de gestão de pessoas por competências

Aplicação prática de gestão de pessoas por competências

Eis que você está elaborando um plano de capacitação para sua equipe e se depara com a seguinte dúvida: como funciona a aplicação prática de gestão de pessoas por competências? Como saber quais competências avaliar, desenvolver ou conhecer?

De maneira objetiva, o mapeamento de competências é a análise dos conhecimentos, habilidades e atitudes dos colaboradores, necessários para a execução de suas tarefas específicas.

Apenas relembrando as definições:

  • Conhecimento é aquilo que você precisa saber para executar uma tarefa;
  • Habilidade é a capacidade de executar uma tarefa;
  • Atitude está relacionado a como você precisa se portar para concluir esta tarefa.

E sabemos que o mapeamento de competências bem executado reflete diretamente nos resultados da empresa, pois influencia o plano de cargos e salários, nos treinamentos etc.

Você deve estar se perguntando: “ok, mas como aplicar a gestão por competências na empresa?”. Então vamos lá!

Aplicação da gestão por competências

1 – Identifique as competências necessárias para cada atividade e cargo

A partir do momento que temos definido todos os cargos e áreas da empresa, precisamos entender o que é necessário para que as tarefas sejam realizada de forma adequada. Por isso, nesse momento, é importante dividir as competências em conhecimentos, habilidades e atitudes.

Lembrando que cada área e cargo possui suas competências específicas. É importante reunir com o gestor de cada área para realizar esse mapeamento.

Um exemplo de conhecimento específico: uma equipe de projetos precisa ter conhecimento em diversas ferramentas como AutoCAD, MS Project, Excel, Java, C++, entre outros.

Para a habilidade é diferente. A habilidade define se o colaborador sabe operar a ferramenta da maneira mais efetiva para o projeto.

Já a forma de agir no ambiente de trabalho, o relacionamento com os colegas e a preocupação com as entregas são consideradas atitudes.

2 – Defina o grau de importância de cada parte da competência

Para algumas funções, certas habilidades são mais relevantes do que para outras. Assim como os conhecimentos e as atitudes.

Definir pesos para cada fator é de extrema importância para que injustiças não sejam cometidas durante o processo de Avaliação de Desempenho.

Powered by Rock Convert

A gestão por competências exige o tratamento de todos os colaboradores de forma justa e transparente.

3 – Avalie sua equipe baseada nos fatores definidos anteriormente

De nada adianta fazer todo esse trabalho de entendimento e reconhecimento de situações se ações não são tomadas. Realizar uma avaliação de desempenho baseada em competências é a primeira medida para aplicar a gestão de pessoas por competências na sua empresa. E, assim, entender com profundidade a equipe e organização.

Através da avaliação de desempenho, você terá uma visão precisa da empresa e de cada colaborador, identificando gaps de competência globais e locais. E com os resultados da avaliação, é possível identificar talentos e tornar o ambiente de trabalho mais transparentes.

Modelo de gestão por competências

Existem 2 modelos de gestão por competências: o específico e o de liderança.

O modelo de competência específico é aquele que propõe competências específicas de acordo com o trabalho do colaborador. Ou seja, a função do colaborador influencia diretamente a competência necessária. Nesse caso, os treinamentos são feitos por outros profissionais da área. Pois exige conhecimentos profundos.

Já o modelo de competência de liderança é aquele que exige competências de gerenciamento e motivação de equipes. Apesar de ser um conhecimento específico também, esse modelo exige uma experiência maior, um nível hierárquico mais alto.

Aqui, os treinamentos podem ser feitos pelo time de RH. Pois este, na maioria dos casos, possui um estudo maior sobre gestão de pessoas.

Hora de proporcionar mudanças na empresa pela gestão por competências!

Já vimos que a aplicação prática da gestão de pessoas por competências é simples. Também vimos que existem dois modelos de gestão por competências. E agora é hora de ver as mudanças que essa estratégia proporciona na empresa.

A gestão por competências auxilia no recrutamento e seleção, tornando esse processo mais assertivo a partir da criação de um perfil de profissional que está de acordo com os objetivos da empresa.

Também melhora os treinamentos e desenvolvimentos da organização. Pois, agora, com o mapeamento de cada colaborador e time, é possível identificar exatamente os pontos fracos e propor treinamentos para desenvolvê-los.

Ainda, ajuda a reduzir gastos. Afinal, com o processo de contratação mais efetivo, as demissões são reduzidas.

E, por fim, melhora o clima de trabalho na empresa. Com todos os colaboradores motivados, valorizados e alinhados com os objetivos maiores, a tendência é a performance individual e dos grupos melhorarem e, com isso, a empresa crescer.

E você, está pronto para aplicar a gestão de pessoas por competência na empresa?

Deixe um comentário