Blog ImpulseUP
pay-per-use

Serviço pay-per-use para Avaliações de Desempenho

O serviço pay-per-use está dominando o mercado atualmente. Contratar serviços e produtos ficou cada vez mais simples. Mercados como automóveis, imóveis, logística, dentre outros já têm aderido ao novo modelo de pagamento.

Você já passou por aquela situação desagradável de pagar a mensalidade da academia e não conseguir ir por falta de tempo? Pode ter certeza que não acontece somente com você e que não é somente com a academia.

Todos os meses somos cobrados por serviços que nem sempre usamos da forma que esperávamos. Exemplos comuns são: plano do celular, TV a cabo, parcelas do financiamento do carro etc.

Esses são exemplos de cobrança por assinatura. Esse modelo, na verdade, já foi uma grande evolução no modelo de cobrança por serviços e até mesmo por produtos. Foi o primeiro passo da mudança de paradigma em que o consumidor não precisa desembolsar uma grande quantia para ter acesso ao serviço.

Alguns leitores devem lembrar que, há 20 anos, o serviço de telefonia fixa era um privilégio de poucos. Para ter sua linha no Brasil você esperava mais de 2 anos e chegava a pagar cerca de U$ 5.000,00!

Hoje, com as inovações tecnológicas, adquirir um produto ou serviço é algo muito simples e acessível. E, depois do modelo de assinatura, ainda surgiu o modelo pay-per-use, em que você paga pelo uso.

O que significa pay-per-use?

Pay-per-use é um termo em inglês que significa “pague pelo uso”. Nele, o uso do produto ou serviço é compartilhado, ou seja, não existe posse e sim uma experiência em conjunto.

Estamos vivenciando uma era que o poder está indo rapidamente para as mãos do consumidor. A internet e a indústria 4.0 são os grandes impulsionadores dessa revolução e a era da abundância já é uma realidade.

Mesmo em mercados de bens tradicionalmente vistos como sonhos de consumo tem tido disrupções na forma de contratação. Há algumas décadas, o sonho de qualquer jovem era ter seu carro próprio, por exemplo.

Nos EUA, o leasing (algo como o modelo de assinaturas de carros) já é uma das modalidades mais populares de aquisição. E na última década o Uber vem mudando a forma que as pessoas usam os automóveis, trazendo o conceito do Pay-per-Use, a ponto de muitas pessoas já não considerarem mais a compra de um carro próprio.

Na telefonia, tivemos um movimento similar, primeiro com o fim da compra de uma linha própria e possibilitando a contratação somente pela assinatura. E, em seguida, o acesso a telefonia foi ainda mais democratizado com possibilidade de contratação de linhas pré-pagas onde o usuário pode contratar créditos de acordo com a demanda de uso.

Um exemplo bem claro de pay-per-use é no Linkedin, rede social profissional. Eles utilizam o modelo de pagamento por transação para compra de mídia (anúncios digitais na plataforma). Muitos profissionais de RH, inclusive, utilizam a ferramenta para divulgar vagas patrocinadas. Ao invés de cobrar uma mensalidade, o Linkedin possibilita o pagamento por publicação, atendendo a demanda pontualmente.

Softwares Pay-per-Use para Avaliações de Desempenho

Sem dúvidas, a indústria que realmente está na vanguarda das disrupções dos modelos de negócio é a de Software.

Na década de 90, a comercialização de sistemas era através de CDs e disquetes e exigia uma rede de distribuição que impedia a entrada de novos fornecedores. Com a chegada da internet, a possibilidade de entregar um software para qualquer usuário no mundo quebrou todas barreiras.

Hoje, o modelo de assinaturas vem dominando o mercado de software como serviço, e todos os dias novas startups surgem com o objetivo de resolver diversos tipos de problemas de negócio.

Como a avaliação de desempenho é uma demanda recorrente, não é de espantar que o modelo Pay-per-Use tenha chegado até a área de Gestão de Pessoas.

As soluções para gestão de desempenho em Cloud/SaaS trazem diversos benefícios como:

  • Menor custo devido a redução significativa da mão de obra na elaboração, envio de planilhas e na consolidação de relatórios.
  • Maior agilidade no processo. Em média, as avaliações de desempenho realizadas em sistema são feitas em menos de 15% do tempo do que em planilhas.
  • Possibilidade dos participantes usarem dispositivos móveis para suas avaliações.
  • Relatórios mais precisos e análises de dados mais rápidas (People Analitycs).
  • Notificações automáticas para participantes e acompanhamento do processo de forma mais ágil.

O ImpulseUP é um software completo para Gestão de desempenho. Ele utiliza o modelo de contratação pay-per-use, em que o cliente contrata sob demanda a quantidade de créditos que precisa utilizar de acordo com a quantidade de avaliados existentes na empresa. Você pode realizar o teste grátis aqui.

Deixe um comentário