Blog ImpulseUP
plano-de-gestao-de-desempenho

Plano de gestão de desempenho: como fazer?

Para se destacar em meio a concorrência, as organizações têm valorizado o plano de gestão de desempenho. Afinal, as novas tecnologias e as altas exigências do mercado tem pressionado as empresas a evoluírem e superarem seus desafios.

O plano de gestão de desempenho visa, justamente, melhorar a performance por meio do aprendizado, visando o alcance de objetivos estratégicos da organização.

No entanto, não é fácil estruturar um plano…

Pensando nisso, no post de hoje vamos apresentar como estruturar um plano de desempenho e como um software pode auxiliar os gestores nesse processo.

Passo a passo para estruturar um plano de gestão de desempenho

1 – Estabelecer uma cultura de desempenho

Segundo o psicólogo Abraham Maslow, o ser humano é pautado por uma hierarquia de necessidades. E, dentre 5 níveis de necessidades, em segundo lugar está a segurança e proteção.

Transferindo isso para o ambiente organizacional, Maslow estabeleceu que os limites e regras são essenciais para satisfazer a segurança do indivíduo.

O desafio, quando nos referimos à gestão de desempenho, está justamente em manter todos os profissionais alinhados aos objetivos estratégicos da empresa. Afinal, as pessoas possuem suas individualidades, formas diferentes de comunicação e maneiras de trabalhar. E, ainda, são motivadas por diferentes frentes.

Para o plano de gestão de desempenho funcionar na empresa, é preciso criar uma cultura sobre performance, para os colaboradores se envolverem de verdade com a empresa.

2 – Identificar as competências necessárias a cada um

O objetivo de um plano de gestão de desempenho é fazer com que a performance dos profissionais seja efetiva. Por isso, para as empresas, o desafio está em definir as competências necessárias em cada função, assegurar que todos os membros adquiram essas habilidades e ter um sistema que faz com que esse desenvolvimento seja constante.

A equipe precisa receber um feedback sobre como tem sido o seu aprendizado. A gestão de desempenho só se torna eficaz quando o gestor se preocupa em direcionar o time rumo a um objetivo em comum, respeitando as individualidades de cada colaborador.

Powered by Rock Convert

3 – Implementar um sistema de gestão de desempenho

Atualmente, existem sistemas de gestão de desempenho que englobam todas as necessidades da empresa e, principalmente, da área de RH. Todas as informações sobre os colaboradores ficam unificadas e salvas em nuvem, total segurança de dados.

Mas encontrar um sistema que atenda a todas as necessidades da empresa pode ser considerado um desafio também. No entanto, quando a escolha é bem embasada, realizada de forma criteriosa, o sistema torna-se um aliado. Afinal, o sistema pode diminuir as falhas internas da empresa.

O software o ajudará, por exemplo, a definir métricas de desempenho, avanço individual e a acompanhar o trabalho de cada time. E, é claro, a montar um plano de gestão de desempenho.

O ImpulseUP é um software completo para gestão de desempenho. Ele engloba todas essas necessidades e ainda entrega relatórios completos. Se quiser fazer um teste na ferramenta, clique aqui.

Conclusão

Identificar talentos é simples. Mas desenvolvê-los a ponto de mantê-los engajados na empresa talvez seja o maior desafio da gestão.

Por isso, é preciso ter mente quais os objetivos da empresa e em quais ações eles serão pautados. Lembrando sempre de envolver os profissionais em todo o processo.

O ImpulseUP contribui no desenvolvimento da equipe de maneira eficaz. Além de realizar análises mais aprofundadas e comparativos entre os anos anteriores, ele possui fácil manuseio.

Além disso, com o sistema, é possível obter insights sobre os próximos passos que deverão ser dados em relação à performance, ter controle sobre processos, avaliações de desempenho, modelo de remuneração e outros.

É essencial fazer com que os funcionários se sintam valorizados e, para isso, é necessário dá-los a direção do crescimento. Ou seja, é por meio da aprendizagem que a empresa identificará o que pode ser mudado e melhorado, reparando ações que não têm mais eficácia.

O plano de gestão de desempenho, como foi possível ver, está bastante ligada às habilidades profissionais.

Para entender melhor sobre o assunto e coordenar de maneira mais produtiva as competências na sua empresa, não deixe de aplicar as dicas aqui fornecidas.

Deixe um comentário