Blog ImpulseUP
Por que fazer Avaliação de Desempenho?

Por que fazer uma Avaliação de Desempenho? Veja 6 motivos!

Como gestor ou RH, você certamente sabe a importância de formar times e recrutar profissionais capacitados para o bom andamento e crescimento da empresa. Então, por que fazer uma Avaliação de Desempenho dos colaboradores já contratados?  

Existe uma frase de William Edwards Deming, um notável estatístico, que diz que “o que não é medido, não é gerenciado”. Isso vale para métricas, resultados, valores e, inclusive, desempenho de colaboradores.   

Por isso, para garantir que os profissionais atendam às expectativas estratégicas da organização, é fundamental que você conduza avaliações constantes e periódicas. 

Acompanhe a leitura para conhecer mais sobre a importância das Avaliações de Desempenho e como elas beneficiam gestores, colaboradores, a empresa e, até mesmo, os clientes. 

Para começar, o que é uma Avaliação de Desempenho? 

A Avaliação de Desempenho é uma análise que tem como base o desempenho de um colaborador em relação às funções e cargo que foram atribuídos a ele. 

O objetivo é verificar se as habilidades e comportamentos, analisados em determinado período de tempo, corresponderam, superaram ou estão abaixo das expectativas. 

A avaliação é realizada por meio de um formulário elaborado para que o desempenho seja analisado de maneira objetiva e com o mínimo de vieses.

O resultado da avaliação deve ser encarado como um diagnóstico, ou seja, a partir dos dados coletados serão realizados planos de ação para o desenvolvimento dos colaboradores. 

Então, agora que você já sabe o que, vamos à pergunta principal:

Por que fazer uma Avaliação de Desempenho? 

Para te ajudar a decidir se as Avaliações de Desempenho são ou não para a sua empresa, seguem alguns benefícios e utilidades desse processo, incluindo os planos de ação mencionados acima: 

Desenvolvimento de carreira

Um dos maiores propósitos das Avaliações de Desempenho, se não o maior, é o desenvolvimento dos colaboradores. 

Por isso, a realização de avaliações imparciais e adequadas aponta as qualidades e os pontos de melhoria de cada um dos funcionários. 

Assim, com os resultados em mãos, gestor e liderado podem estipular juntos ações com tarefas e treinamentos específicos que permitam o desenvolvimento do colaborador. 

Um exemplo são os Planos de Desenvolvimento Individuais (PDIs), que são ações determinadas em parceria por gestor e liderado com o objetivo de desenvolver as habilidades e competências do profissional. 

Essas ações beneficiam diretamente a carreira do profissional, melhorando, ainda, a sua satisfação e engajamento. Com isso, há o aumento da produtividade, maior atingimento de metas e consequente crescimento da empresa. Todos ganham. 

Identificação de gaps (lacunas) e necessidade de treinamento

Um outro importante benefício das Avaliações de Desempenho é identificar lacunas organizacionais, coletivas e individuais, além da necessidade de treinamento em colaboradores específicos ou times inteiros. 

Se todos os profissionais de um time não estão performando bem em determinado campo, por exemplo, é preciso entender, até mesmo, se houve uma falha no recrutamento ou se a competência avaliada passou a ser necessária posteriormente.

Assim, é possível mudar processos ou implementar novos e mais eficazes treinamentos para as equipes. 

O primeiro passo para a mudança é reconhecer que existe um problema e o resultado das avaliações são uma excelente maneira de encontrar falhas no desempenho. 

Promoções, aumentos salariais e bonificações

As Avaliações de Desempenho, quando realizadas constantemente, permitem que o gestor acompanhe a evolução de um colaborador em relação ao seu conjunto de habilidades, conhecimentos, iniciativa e envolvimento com a empresa, colegas e clientes.

Nesse sentido, o registro do histórico de um colaborador mostra se ele já está pronto para assumir mais e maiores responsabilidades na empresa ou quais ações de desenvolvimento ele pode realizar para se preparar para uma oportunidade futura. 

Assim, é possível decidir com maior transparência e justiça qual ou quais colaboradores receberão uma promoção ou aumento, por exemplo. 

Plano de sucessão

Pensar em contextos futuros faz parte de toda gestão. E quando falamos de Gestão de Pessoas, é fundamental garantir que haja uma rápida sucessão no caso de uma vacância. 

Ou seja, é preciso um amplo planejamento para garantir que existam na empresa profissionais habilitados para assumir uma posição quando necessário. Imprevistos e mudanças acontecem, por isso é necessário estar preparado.

O Plano de Sucessão é uma forma de garantir a sustentabilidade da empresa a médio e longo prazo, quando se trata dos cargos estratégicos e de liderança. 

Realizar ciclos de Avaliação de Desempenho seguidos de ações de desenvolvimento é um dos caminhos mais eficientes para a criação de um Plano de Sucessão sólido. 

Histórico de desempenho para desligamentos ou recolocações 

Possuir o histórico de desempenho de um colaborador referente a todo o período que ele esteve na empresa serve como embasamento para desligamentos e recolocações profissionais. 

Assim, com o registro, é possível verificar se mesmo com as avaliações, feedbacks e ações de desenvolvimento, o colaborador não melhorou seu desempenho com o passar do tempo ou se melhorou e está apto para outro cargo.

Sendo necessário realizar o desligamento, os registros podem ser utilizados como justificativa. Isso torna o processo mais transparente, reduzindo, inclusive, problemas trabalhistas. 

Informações e dados para tomadas de decisão estratégicas

O registro dos resultados das avaliações são importantes para embasar diversas decisões estratégicas do negócio. 

Por isso, é fundamental que os resultados sejam precisos e as informações não se percam. Nesse sentido, utilizar ferramentas e plataformas de Gestão de Desempenho pode fazer toda a diferença. 

Informação é poder, e quanto mais dados você tiver sobre a empresa, mais seguras e acertadas serão as decisões dos gestores.

Assegure que o método utilizado para a realização dos Ciclos de Avaliação de Desempenho é o mais adequado e moderno, facilitando e agilizando os processos, além de preservar as informações obtidas.

Agora que sabe o porquê, aprenda o como! 

Neste artigo você viu alguns dos benefícios de realizar Avaliações de Desempenho de forma periódica na empresa.

Os colaboradores têm a chance de se desenvolverem, aumentando o engajamento com a organização e a produtividade. Com isso, há a redução do turnover (rotatividade) e absenteísmo. 

Os profissionais são beneficiados e a empresa também. A Gestão de Desempenho já é um método conhecido e utilizado pelas maiores e mais importantes empresas do mercado. 

E uma grande vantagem das Avaliações de Desempenho é que os formulários de avaliações podem e devem ser adequados à realidade e necessidades da empresa. Isso democratiza o processo e torna os resultados ainda mais precisos. 

Então, como você já sabe os motivos para realizar as avaliações, clique aqui para aprender como fazê-las.

Deixe um comentário